quinta-feira, 13 de março de 2014

Lições de Mãe: Caráter, lição número um aos filhos.


Caráter
com aulas pacienciosas, a mãe ensina os valores intrapessoais, os quais enobrecem e dignificam a vida dos filhos. 
O caráter é qual uma roupa existencial. Quem não o tiver vive nu.

Criar um filho sob a égide de um caráter digno e impoluto é o desejo de cem em cada cem mães. Para tanto, rompem as barreiras do impossível e não medem esforços para dar-lhe esse cabedal, cédula de identidade vistosa e de aceitação universal.
Ninguém chega à pós-graduação da vida com um caráter enxovalhado. Pessoas, empresas e governos não fiam as ações de quem não faz reluzir o verniz dourado da honradez, da boa conduta, da boa cidadania. Estes ficam pelo caminho, estagnados, quando não experimentam a marcha-ré nos seus projetos, objetivos e sonhos.
Mãe, qual fiel escudeira, zela para nós, filhos, construímos um edifício moral sólido, erguido com a argamassa do bom proceder, tijolos de dignidade e respeito, e revestido com as tintas multicores da boa conduta. Um edifico assim, caráter polido, vê e é visto de longe, por todos, sendo exemplo e referencial positivo.
Qual a mãe nesse mundo que quer um filho mau caráter?

Lições para desensinar e deseducar não fazem parte da sua enciclopédia. Mãe alguma passa lições para seus infantes que visem o malversar ou mal versejar. Suas lições, ao contrário, contêm os capítulos e versículos da retidão, dos bons modos e bons  costumes, da constituição do decoro e da decência humana. 
Inácio Dantas
do livro "Lições de Mãe" (Ebook)
www.amazon.com.br

Crianças, o amor na sua divina essência!


segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Dia dos pais: hoje, amanhã e todos os dias.


Dia dos pais: hoje, amanhã e todos os dias.

Duas reflexões para um bom entendimento pai & filhos:

1.Uma conversa com o filho

Se o tempo é precioso para você, ao lado do seu filho será ainda mais. Dedique alguns minutos desse tempo e dialogue com ele, abra-se como se tivesse conversando com o seu maior amigo. Com certeza ele o é. Ouça-o, sem reservas. Deixe-o falar, mesmo coisas sem sentido. Corrija-o sem impostar a voz; faça-o em tom amistoso para que ele assimile, se desiniba e aperfeiçoe seu português.
Não tenha pressa quando estiver 'reunido' com ele. E quando ele falar, silencie: mesmo que para você seja frivolidade para ele é importante. Não fique interrompendo-o, entrecortando o assunto, apressando-o para pôr logo um fim na conversa.
Um 'bom papo' com o seu filho é um presente para a alma. E para ele será uma abertura para todos os dias correr para os seus braços e contar suas 'aventuras'...

>> 

2.Verdades e Mentiras

O filho espelha-se nas atitudes do pai, assimilando-as, sejam boas ou ruins. Por isso, todo pai deve ater-se ao lado bom das coisas, sendo um referencial, um bom exemplo para o filho. E uma das atitudes mais veneráveis é a verdade, porque uma brisa de verdade move mais moinhos que um tufão de mentiras.
Um pai que compactua com a mentira que moral tem para exigir, sob seu teto, que ecoe a voz da verdade?
A criança deve se desenvolver verdadeira. Ante um erro, ser orientada a não mentir, pois mentindo errará duas vezes.
Dia a dia, qual um meticuloso construtor, o pai deve assentar um pequeno tijolo na educação do filho. E cada tijolo será feito com o cimento da verdade. E assim, com o tempo, terá concluído uma obra bonita, suntuosa, inabalável!

Inácio Dantas

Do livro “Pai, o que dizer para o seu filho?” – Editora Paulus –

sexta-feira, 10 de maio de 2013

Dia das Mães – Duas importantes lições de mãe.



Dia das Mães – Duas importantes lições de mãe.

1-Caráter:
com aulas pacienciosas, a mãe ensina os valores intrapessoais, os quais enobrecem e dignificam os filhos.

O caráter é qual uma roupa existencial. Quem não o tiver vive nu.

Criar um filho sob a égide de um caráter digno e impoluto é o desejo de cem em cada cem mães. Para tanto, rompem as barreiras do impossível e não medem esforços para dar-lhe esse cabedal, cédula de identidade vistosa e de aceitação universal.
Ninguém chega à pós-graduação da vida com um caráter enxovalhado. Pessoas, empresas e governos não fiam as ações de quem não faz reluzir o verniz dourado da honradez, da boa conduta, da boa cidadania. Estes ficam pelo caminho, estagnados, quando não experimentam a marcha-ré nos seus projetos, objetivos e sonhos.
Mãe, qual fiel escudeira, zela para nós, filhos, construímos um edifício moral sólido, erguido com a argamassa do bom proceder, tijolos de dignidade e respeito, e revestido com as tintas multicores da boa conduta. Um edifico assim, caráter polido, vê e é visto de longe, por todos, sendo exemplo e referencial positivo.
Qual a mãe nesse mundo que quer um filho mau caráter?
Lições para desensinar e deseducar não fazem parte da sua enciclopédia. Mãe alguma passa lições para seus infantes que visem o malversar ou mal versejar. Suas lições, ao contrário, contêm os capítulos e versículos da retidão, dos bons modos e bons  costumes, da constituição do decoro e da decência humana.

>> 

2-Ciência da vida
Se nós, filhos, aprendermos metade do que elas nos ensinam...

Quanto mais aprendemos sobre a vida, tanto mais a vida nos ensina. Viver é uma ciência!

Quando você se fez estrela ela era o céu e a luz que o fez brilhar veio do sol do seu ventre. Mãe estava a postos ´morrendo´ para nos dar a vida, sofrendo para gargalharmos dividindo o mesmo leito, entre os seus braços sugando a seiva vital dos seus seios.
O que nós, filhos, não sabemos é que as mães sabem mais de nós do que nós mesmos. Ela acumulou a ciência da vida, bem antes de aqui chegarmos. Então, querer ensinar quem nos ensina e educar quem nos educa é como querer nadar contra as ondas num mar imenso. Logo, há que ouvir, ver e aprender. E ela tem muito a ensinar, a custo zero, a todo momento do dia e da noite, incansavelmente, sintonizada em você para captar se entendeu e aprendeu. Tome para si essa ciência da vida que sua mãe possui. É algo único, valioso, que se deixar passar nunca mais, e de mais ninguém a terá.
Contudo, se o tempo passou, respeite essa senhora que hoje pode estar de cabelos brancos, rugas, voz reticente e passos trôpegos.
Ela ora por você, quer o seu bem e que sua vida seja feita de lauréis, saúde e felicidade. Não erga a voz, não a maltrate, não seja indiferente e releve uma ou outra falha. Lembre-se, ela tem a ciência da vida, é uma bíblia de ensinamentos com páginas abertas nos Salmos das veredas iluminadas, para você ler a todo momento e caminhar tranquilo, rumo a um futuro glorioso e de paz!

     Inácio Dantas
     Do livro Ebook “Lições de Mãe” – www.amazon.com.br